Castelo Novo: uma aldeia com rico património
e arquitectura peculiar...

As Aldeias Histórias portuguesas são um encanto a ser descoberto. E quando se trata da região da Beira Interior, Castelo Novo é destaque, distante apenas 8km das Casas de Alpedrinha (cerca de 11 minutos de carro).


O nome, Castelo Novo, teve origem no facto de ter sido construído, por volta do ano de 1202, um novo castelo em substituição a outro que lá existia - mas não possuía os requisitos necessários a nível defensivo. Tal fortificação ainda pode ser visitada: fica na parte mais alta da aldeia e conta com uma série de passadiços e estruturas que facilitam a visitação. A vista das ruínas da Torre de Menagem é maravilhosa.

foto 4_O Castelo.jpg

Visitar o Castelo é um dos passeios imperdíveis da Aldeia

Crédito: Aldeias Históricas de Portugal

foto 1_Igreja Matriz.jpg

Localizada no Largo do Adro, a Igreja de Nossa Senhora da Graça data do século XVIII.

Crédito: Aldeias Históricas de Portugal

A paisagem bucólica, também presente nas montanhas em tons cinza e esverdeado, pode ser apreciada na totalidade pelos visitantes. Sim, a natureza vibra sem modéstia neste local, seja através das inúmeras fontes de água que correm pela aldeia ou no granito, usado na maioria das construções, em perfeita sintonia com a mão do homem.

 

Castelo Novo reserva admiráveis exemplares de casas senhoriais e tem, dentre os atrativos, a Igreja Matriz (foto ao lado), também conhecida como Igreja de Nossa Senhora da Graça (reconstruída em 1732 sobre as ruínas de um antigo templo)

 

Outros atrativos que merecem atenção são: a Praia Fluvial, banhada pelas águas da Ribeira de Alpreade; a Calçada da Ordem dos Templários; o Cabeço da Forca; a Casa da Lagariça; o Chafariz da Bica; os Antigos Paços do Concelho e Pelourinho; o Miradouro das Alminhas; a Galeria de Arte Manuela Justino e o Atelier Histórias Criativas.

Se o interesse é por saborear iguarias gastronómicas, o arroz tostado é uma das especialidades de Castelo Novo. Mas cabe mencionar os ovos verdes, os pastéis de bacalhau, os peixinhos da horta, a abóbora frita, o queijo de cabra e as Picas de S. Brás.

 

Na doçaria, os pastéis de abóbora chila, a tigelada e o pão-de-ló prometem cativar os paladares.

 

O que não vão faltar são experiências vivenciadas nesta, que é uma aldeia classificada como conjunto de interesse público por portaria da secretária de Estado Adjunta e do Património Cultural.

 

Castelo Novo é mesmo um recanto de histórias e memórias, que mantém vivas as tradições do interior de Portugal.

Cabeço da Forca
Cabeço da Forca

Constituído por dois blocos graníticos de forma irregular. Na pedra superior, estão esculpidas em relevo, duas caveiras, e um orifício retangular aberto, onde se deveria um dos esteios da Forca.

Calçada da Ordem dos Templários
Calçada da Ordem dos Templários

A Calçada da Ordem dos Templários é uma relíquia arquitectónica.

Casa Beirã
Casa Beirã

Típica casa beirã, construída em granito e constituída por dois pisos.

Cabeço da Forca
Cabeço da Forca

Constituído por dois blocos graníticos de forma irregular. Na pedra superior, estão esculpidas em relevo, duas caveiras, e um orifício retangular aberto, onde se deveria um dos esteios da Forca.

1/4